Os rins e funções
IKCC_2018_Website_Bilder-VK_RZ_37-768x25
Os rins e funções
Os rins e funções

Os rins são órgãos que desempenham funções vitais. O funcionamento normal dos rins é essencial para uma vida saudável, pois deles dependem um conjunto de funções básicas e fundamentais à vida.
Os rins são um par de órgãos localizados um de cada lado da coluna vertebral na região posterior do abdómen. Cada rim é mais ou menos do tamanho de um punho. Ligada à zona superior de cada rim está uma glândula denominada supra-renal. Uma massa de tecido gordo e uma camada externa de tecido fibroso (fáscia de Gerota) envolvem os rins e as glândulas supra-renais.


Os rins fazem parte do sistema urinário e têm uma função de filtro. Eles produzem urina que é constituída por água mas também ureia, ácido úrico, sal e outras substâncias após o sangue ser filtrado pelos rins. A urina é armazenada numa concavidade (bacinete) localizada na porção média de cada rim. A urina passa do bacinete para a bexiga através de um canal designado uretero. A urina sai da bexiga através de um outro canal (a uretra).
Para além da função de filtro, os rins também produzem hormonas que ajudam a controlar a pressão arterial e a produção de glóbulos vermelhos.

FUNÇÃO ENDÓCRINA DO RIM

Regulação da Tensão Arterial

É controlada principalmente pelo mecanismo da renina-angiotensina, em resposta a uma diminuição da pressão na arteríola aferente, normalmente como consequência de uma diminuição do volume intravascular. A renina é uma hormona que participa na regulação da pressão arterial. É uma proteína que se forma nos túbulos renais e é libertada para o sangue em resposta a uma diminuição do volume intravascular. Quando a pressão arterial nas arteríolas aferentes desce abaixo de um certo nível, atua no aparelho justaglomerular, levando as células a secretar renina para o sangue e o fluido intersticial. A renina atua como catalisador de reações que transformam um substrato de renina (constituinte normal no sangue) em angiotensina I. A angiotensina I é imediatamente convertida em angiotensina II, por uma enzima chamada “enzima de conversão”. A angiotensinaII estimula a zona glomerulosa do córtex supra-renal para aumentar a sua secreção de aldosterona.

 

Produção de Eritropoietina

Quando a concentração de oxigénio diminui no sangue, o rim produz eritropoietina (EPO) que vai estimular a medula óssea para produzir eritrócitos. O processo de produção de eritrócitos é denominado eritropoiese. Inicialmente, os eritrócitos formam-se na medula óssea a partir dos hemocitoblastos ou células indiferenciadas (stem cells). Porém, sabe-se que o ritmo de produção aumenta como resultado de uma diminuição do número de eritrócitos, ou em resposta a uma diminuição de concentração de oxigénio no sangue. Qualquer um destes mecanismos atua estimulando os rins a secretar eritropoietina (EPO), que estimula a medula óssea a produzir eritrócitos (eritrócitos).

 

Regulação do equilíbrio cálcio-fósforo

O cálcio é um mineral que se encontra nos ossos e nos dentes. A quantidade certa ajuda a mantê-los fortes e saudáveis. O cálcio e o fósforo atuam conjuntamente para manter os ossos, os dentes, os vasos sanguíneos e o coração saudáveis. A vitamina D é necessária para a absorção do cálcio pelo intestino. É fornecida pelos alimentos e é necessária para que o organismo absorva o cálcio fornecido pela alimentação. Embora a vitamina D esteja normalmente inativa, é metabolizada no organismo, transformando-se na sua forma ativa, calcitriol, através de uma modificação química nos rins. O calcitriol atua no intestino delgado, regulando a absorção do cálcio e, em menor grau, do fósforo. Nas pessoas com rins saudáveis, os níveis de cálcio e de fósforo mantêm-se normais, graças à interação entre a hormona paratiroideia(PTH) e o calcitriol. A principal função da PTH é manter a homeostase do cálcio. A PTH atua diretamente nos ossos e nos rins e indiretamente no intestino, através do seu efeito sobre a síntese do calcitriol. - Diaverum

 

 

Funções do rim saudável

  • remove toxinas presentes no sangue;

  • remove excesso de água;

  • controla o equilíbrio sais minerais (potássio, sódio, cálcio, fósforo);

  • ajuda a controlar a anemia;

  • produz vitamina D, importante no fortalecimento dos ossos.

Referência: Portal da Diálise

Sede Nacional

Rua Tavares Belo, nº4-B

1750-279 Lisboa

NIF: 515756342

geral@ac-rim.org

Criado com o wix.com